Inscreva-se

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Goiano e Paranaense

Digna de dupla caipira, mas neste momento não é. Como não? Este violeiro já extrapolou as fronteiras do ACOMPANHAMENTO DE CANÇÕES empunhando a viola. Tudo bem, ele é o responsável por "enfeitar" a música, preencher espaços vagos, fazer contra cantos... mas isso é pouco para ele. Trata-se de um instrumentista. Eu arrisco dizer que este sujeito é conhecedor de toda a literatura solista brasileira para violão e seus grandes representantes, como João Pernambuco, Canhoto e Dilermando Reis.
Este "tocador" de viola exalta seu instrumento utilizando-se do idiomatismo deste instrumento. O ponto alto é um efeito bastante recorrente, quando ele tira som desde o início da boca da viola até a parte normal do braço da viola.

Cabe aos ouvintes detectar que som ele está imitando, ou não. Será que é um canto de algum passarinho? Será que é o relinche de um cavalo? Som de água?...? Ou apenas a representação de uma dança campestre?

Parabéns!!

Nenhum comentário:

Entre Em Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conteúdo