Inscreva-se

sábado, 26 de dezembro de 2009

O girassol - Ira!



Poesia COMOVENTE.

Música muito boa.

Arranjo muito bom.

Interpretação vocal melhor ainda!

Com a gravação deste DVD o grupo Ira! alcançou nível de excelência. Até então era "apenas" uma importante banda na história do rock paulistano e brasileiro.

Uma pena que se desfez. O entrosamento artístico-musical entre os companheiros era algo de se admirar. Com este disco me veio em mente: "Agora sim eles terão uma sequencia maior, agora sim o Ira! vai emplacar mais um monte de hits..."

O que ficou foi uma história maravilhosa e este últmo CD / DVD fantástico, com músicas inéditas e antigas, e um toque de antigamente, ou seja, um álbum que a gente escuta do início ao fim. Gozo total!

2 comentários:

Gustavo Terra Paiz de Oliveira disse...

Ola Graciano, gostaria de sua, se possivel explicação, o PORQUE de sua opiniao bem direta a respeito dessa musica?
porque musica muito boa?
porque arranjo bom? Nós nao teríamos arranjos melhores? e por fim o Porque de Poesia Comovente.

Obrigado, abraço

Gustavo Terra
Uberlândia-MG

Blog do Professor Graciano Arantes disse...

UBERLÂNDIA?!! Uai sô!

Ó, seria mais fácil lhe responder porque acho Uberlândia uma cidade muito boa, o porque de eu achar Uberlândia bem organizada (ou arranjada), e por fim, porque esta cidade tanto me comove...

Sua pergunta, ou seu conjunto de perguntas é exigente e responderei com carinho, dentro das minhas condições.

Seguinte:

Porque arranjo bom?

Este arranjo, ou a distribuição das tarefas é diversificado e cada instrumento faz um trabalho característico, diferente.

Só acompanhamento do violão é suficiente para empreender uma marca na música. Tenho certeza que se alguém lhe disser que vai tocar "O Girassol", você espera que o violonista faça aquela introdução, ou aquele dedilhado, ou aquele "toquinho" que o Edgar Escandurra gravou.

Isto é uma caracteristica de arranjo, ou seja, o arranjador acrescentou valores à canção pura.

Preste atenção em duas coisas: No teclado e nas cordas (orquestra). Juntos eles enfeitam a canção. juntos eles também fazem a música deles, a instrumentação.

Não teríamos arranjos melhores?

Pode ser que sim Gustavo, mas não era o objetivo da empresa que lançou este produto.

Só o fato de incluir um acorde "diferente" nesta harmonia, ou uma introdução que dê maior ênfase à instrumentação, daria outro rumo ao arranjo.

MAS, o arranjo gravado é muito bom e atende todas as necessidades do grande público (povo), melhor dizendo, este arranjo do vídeo já surpreende o leigo em música - considerando que a população, de modo geral, não estuda música, não conhece arte e não tem ouvidos críticos. ACEITA TUDO.

O porque de poesia comovente:

Mermão, me comove quando ele inicia:

"Tento me erguer às próprias custas"

Geralmente, em nossa cultura, atribui-se o sucesso a uma divindade e o fracasso a um demônio ou algo do tipo.

ERGUER ÀS PRÓPRIAS CUSTAS é algo fantástico! Em alguns momentos ou situações, devemos valorizar nossa condição de humanos que somos.

Temos poderes, do mesmo modo que também somos limitados, mas temos poderes. Só podemos explorar nosso potencial, a partir do momento em que assumimos isso.

Infelismente o restante da prosa é de lamento, por algo romântico, o que torna o texto expressivo, tocante.

São palavras de um apaixonado, sinceras. Cada verso tem um "que" de especial.

Veja o refrão:

"Eu sou girassol, você é meu sol... um girassol sem sol, um navio sem direção..."

Um girassol tem sol no nome, na sua composição e forma. Uma grande sacada do letrista!

Grande mérito ao Nasi. Belíssimo intérprete. Compensa sua falta de criatividade composicional em belas interpretações.

A você Gustavo, muito obrigado pela ótima participação e seja sempre bem vindo por aqui. Se você quiser continuar o debate, tamo junto!

Um abraço e feliz fim de ano!

Entre Em Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conteúdo