Inscreva-se

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Nenhuma ilusão - Virgílio Azevedo

"...Não deixe o samba morrer, não deixe o samba acabar..."


Se depender de Virgílio Azevedo este verso terá sentido, sempre. Um autêntico sambista. Não nasceu no morro, também não possui altos níveis de melanina na pele, mas é um sambista.

Não é malandro como um bom representante do gênero, mas o conheço suficientemente para afirmar sua expressiva articulação social, isso é coisa de sambista. Acreditem, é um sambista.

Vou além, pode ser que outros criadores, até mesmo cariocas (terra natal do samba) não consigam estampar a alma de mestres como Cartola, Ataulfo Alves, Paulinho da Viola e tantos outros, do mesmo modo que Virgílio o faz.

Virgílio Azevedo tem algo em comum a estes mestres da tradição? Sim, totalmente. Aprendeu a acompanhar canções ao violão vendo e ouvindo pessoas. Uma dica aqui e outra ali, muita persistência acolá e coração, acima de tudo.

É o típico "necessitado" musical. Vibra com cada "coisinha" que aprende junto ao seu instrumento e necessita vivenciar a cada dia. É a necessidade da arte na alma. Essa é a "escola" deste criador de canções nascido em Uberlândia, nas Minas Gerais. Terra de pretos, brancos e batedores de caixa. Terra da Igreja do Rosário, bem e toda a tradição do Congo, exaltada por seus seguidores.

Terra de samba e sambistas de primeira. Terra de Virgílio Azevedo!

Sua canção "Esquecimento" foi eleita, por voto popular, como melhor samba entre os 24 que compõem o CD "Pelo Telefone", Projeto Cultural organizado pelo prof. de História Antônio Sacco - um afixionado pelo samba, residente em Uberlândia. Virgílio Azevedo vem preparando seu primeiro CD, a ser lançado até o final de 2010.

Viva ao samba!

Viva Virgílio Azevedo!

Viva!

2 comentários:

Virgílio Azevedo disse...

Generosidade. Essa é a palavra que define um amante da música, das artes. Como este meu amigo do peito, Graciano. Obrigado pelas palavras Professor, pela honra de participar do seu trabalho aqui, pela força que me tem dado, pela nobreza de sua amizade. Parabéns pelo espaço - cada dia melhor. E você merece o melhor. Por sua simplicidade e generosidade. Um beijo no coração, meu irmão, mestre do violão.

Leonardo Xavier disse...

Eu confesso que não sou um grande apreciador de samba, mas a letra realmente é muito bonita e o acompanhamento no violão ficou muito bom.

Entre Em Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conteúdo