Inscreva-se

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Resultado da enquete

Tudo normal como o esperado.

VOCÊ JÁ TEVE AULA(S) DE VIOLÃO?

total de 38 votos. É uma quantidade expressiva. Acredito que é o suficiente para tirar algumas conclusões.

1 - SIM, MAS NÃO APRENDI NADA.

Foram 7 votos, um total de 18%.

É uma pena, pois a minha classe já deveria melhorar o seu rendimento. Acredito que a Educação Musical no Brasil ainda está engatinhando.

Cada pessoa ensina a seu modo e muitos professores de violão ainda não são formados. Acredito que hoje em dia, o professor de violão deve cursar uma faculdade de música.

Praticamente toda capital tem uma universidade federal que oferece esta formação de nível superior. Estas escolas hoje estão se empenhando e oferecendo cursos de Mestrado e Doutorado em Música.

Antigamente o professor de violão, em sua maioria era um aventureiro. Na contemporaneidade não cabe isso. Aquele que passa pela escola formal no mínimo faz questão de dar nomes às notas e acordes que os seus alunos realizam. Este professor, no mínimo respeita a imensa literatura universal e brasileira deste instrumento tão rico que é o violão.

Geralmente este perfil de "profissional" não estuda para ir à aula. Não veste a camisa de seu aluno. Não tem método.

AGORA,
O termo a luno, em sua origem quer dizer "sem luz".

Fica a reflexão.

2 - SIM E TOCO ATÉ HOJE.

São 15 votos, totalizando 39%.

Ótimo! Maravilha! Esta é resposta que sonho ouvir de 100% de meus futuros ex-alunos. Quanta pretenção heim?

Se este número aumenta, cresce a demanda e oportunidades para os meus colegas de profissão.

3 - NUNCA, MAS TENHO VONTADE DE APRENDER A TOCAR.

10 pessoas participaram. São 26% que simboliza a esperança, o gosto pelo violão, a paixão pela música!

Espero que estas pessoas possam um dia realizar o desejo de tocar para si, acompanhar uma bela canção debaixo da varanda ou na sacada do seu apartamento.

Ter o prazer das grandes descobertas artísticas e musicais, poder compartilhar com as pessoas mais especiais e no momento mais oportuno, deixar algo registrado para os seus descendentes.

4 - NUNCA, MAS NÃO TENHO VONTADE DE APRENDERA TOCAR.

Fe no me nal! Adorei o resultado. São apenas duas pessoas "desinteressadas". Pode ser que:

_ O violão não desperta algo maior no coração desta pessoa;

_ Pode ser que esta pessoa já dedica seus momentos a algum instrumento musical;

_ Pode ser que esta pessoa ama o violão e simplesmente prefere apreciar outra pessoa empunhando o "pinho";

Você quantifica isso.

5 - APRENDI A TOCAR VIOLÃO SEM FREQUENTAR UMA ESCOLA DE MÚSICA.

O número de TALENTOSOS é 4, toatlizando 10%.

Este é o sujeito que pode fazer a diferença. Parabéns companheiro!

Nosso país inventou o avião, o choro e transformou o futebol na oitava arte. Nossa rica fonte nos proporcionou o surgimento de verdadeiros gênios como Alberto Santos Dumont, Heitor Villa-Lobos e Edson Arantes do Nascimento Pelé!
Isso, levando em consideração os nomes mais populares, algo digno de TV, de folclore, porque não para por aí...

Estas referências remontam uma terra de gente altamente organizada de desenvolvida.

Infelismente são as excessões, porque no nosso glorioso País ainda não possuímos Escola.

Estamos caminhando. Torço para que no futuro, os talentosos queiram desenvolver suas habilidades, independentemente de $$, pois numa nação desenvolvida isso não deve ser a jóia principal, apenas uma consequência.

Muito obrigado a todos que participaram,

Fica aqui o carinho do professor.

2 comentários:

Rodolpho disse...

Eu fui um dos que votei na opção de que não sei tocar mas tenho vontade.

Infelizmente já tenho 22 anos. Isso significa falta de tempo para tudo. Estudo, trabalho e namoro. Único dia disponível é domingo e que eu do total dedicação ao Goiás :P

Mas mais pra frente, com mais organização na minha vida, quero sim aprender a tocar.

Blog do Professor Graciano Arantes disse...

Mermão se brincar agente ja´ se esbarrou no Serra!!! Minha segunda casa em gyn.
Cara, no momento que você puder fazer um bom curso, será especial. Eu praticamente não tenho trabalhos com pessoas de sua faixa-etária.
É isso, sem tempo e sempre cansado.
Mas é sinal de que você está construindo algo especial.

Muito obrigado pela participação!

Aquele abraço

Entre Em Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conteúdo