Inscreva-se

domingo, 7 de fevereiro de 2010

How can i go on - FREDDIE MERCURY & MONTSERRAT CABALLÉ



O grande encontro. Duplamente esperado, tanto pelo público, como pelo próprio Fred Mercury. Já ouvi muitas pessoas dizerem: _ Se o Fred Mercury não estudou canto lírico, pelo menos o aprecia bastante!"

Após o surgimento de grandes arranjos vocais realizados pelo Queen e a lendária "Bohemian Rhapsody" (influência operística), sua banda ganhou o status de "Ópera Rock", o que não é para menos, vide o comportamento de palco e os figurinos de Mercury...

Portanto, podemos considerar que para Montserrat Caballé, seu ilustre parceiro de musical a engrandece no espetáculo, por tudo que realizou anteriormente.

E o que esta dupla fez no palco é de encher os olhos e o coração! Magnífico! Que voz esta mulher tem, não é normal. A voz do Fred também é algo que deixou uma grande lacuna para nós, simples mundanos.

A canção How can i go on "in natura" é perfeita e não carece de grandes interpretações. Ao dar início na trova, Caballé disfarça como que se estivesse interpretando uma personagem. A grande verdade é que ela se encantou profundamente com a tão diferenciada exibição de seu companheiro, que por sua vez, vai ao seu encontro e aprecia uma genial performance de sua tão grandiosa parceira.

Na segunda parte, a declamação de Fred é perfeita e os vocalizes finais causam arrepios.

Vale lembrar que, uma canção fraca exige um grande arranjo. Neste caso, a orquestra faz uma introdução digna, e nada mais. Precisa?

Este é um dos grandes capítulos da História da Música Popular Industrializada.

Nenhum comentário:

Entre Em Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conteúdo