Inscreva-se

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

TODOS APRENDEM



Nos últimos tempos tenho percebido um desempenho musical acima da média entre meus alunos. Felizmente, tem sido comum ouvir palavras de satisfação e gestos de profunda alegria ao conseguir realizar o  grandioso "sonho de tocar um violão", aventurar naquelas canções de sucesso, viver na pele o orgulho de também se sentir músico e programar a futura compra de um bom instrumento... 

Entretanto, no caminho do estudante, surgem situações que na maioria das vezes, se faz necessário o uso de um bom método de ensino para que se atinja, satisfatoriamente, os objetivos desejados.

O iniciante ao violão enfrenta inúmeras dificuldades nas primeiras aulas, como cultura musical deficitária, limitada resistência nos dedos, gosto por estudar violão ainda por se desenvolver, escasso tempo para dedicação e estudos, encarar os desafios sem a presença do professor durante a semana, enfim, são incontáveis os obstáculos a superar, vindos em uma sacolada logo a partir do primeiro contato com o professor.

Neste momento, surge a eficiência da abordagem de "O Violão Em Roda!", o método que vem tomando forma e se desenvolvendo ao longo de quase duas décadas. Podemos considerar que, além de um imenso desejo em oferecer uma boa contribuição aos meus alunos, aprendi uma filosofia de atuação muito simples e que tem feito a diferença no momento de aula. 

    EU TOCO, NOUTRO MOMENTO VOCÊ TOCA, DEPOIS TOCAMOS JUNTOS!

- Eu toco: 
Aluno precisa "ver e ouvir" o suficiente para se sentir tranquilo e motivado para tentar reproduzir a atividade demonstrada pelo professor.

- Noutro momento você toca: 
Se for necessário, o aluno experimenta a atividade, tira sua dúvida, e, no momento certo é convidado a tocar junto do professor. Assim, a atividade se desenvolve como deve ser, uma vez que a sonoridade do iniciante ainda carece de tempo para soar adequadamente. 

- Depois tocamos juntos!:
Desse modo, o aluno tem a certeza que está realizando o exercício proposto da maneira correta, conquistando confiança e auto-estima em motivação plena!


Eu participo diretamente de todas as atividades com meus alunos. Toco tudo junto! Com isso, eu tenho a garantia a de que pelo menos uma vez por semana tudo foi realizado na medida necessária, mesmo que minimamente. O aluno deve manter frequência nas aulas para que o projeto do curso seja atingido, nem que seja para estudar em horário de aula, na presença e participação do professor.

Quanto à organização de curso, em tempos atrás, eu contava com inúmeras  aulas avulsas preparadas, porem, sem uso. Com o advento das Apostilas, Volumes I, II e III tudo mudou, pois os objetivos são mais claros e embasados na quantidade de atividades necessárias para uma aula completa.

As Apostilas dos Cursos trazem o ritmo de "passo a passo", desmembrando cada motivo musical a ser abordado para serem executados repetidas vezes, com o aluno seguindo o andamento musical mais apropriado, afim de superar o desafio efetivamente.


Nenhum comentário:

Entre Em Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conteúdo